segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Código B - Eles estão de Volta

 Em uma adaptação de uma famosa frase: "O rock não pode parar ", resumiria bem essa nova fazer dessa banda que sem a menor sombra de dúvidas, é uma das maiores representantes do undergroud rock'n roll mineiro; com quase 10 anos de estrada, essa galera que já levou milhares de jovens ao êxtase em grandes eventos como o saudoso Pop Rock Brasil, está de volta, e mostra que não perdeu a mão e o som está melhor do que nunca.  
Os fãs pediram e eles estão de volta, trazendo muitas novidades. 

A banda mineira, Código B, mal anunciou a volta e já causou o alvoroço dos mais apaixonados pelo pop rock nacional, eles resolveram dar um tempo na carreira em conjunto, e viveram muitas experiencias em caminhos diferentes, mas que no fim da estrada foi impossível que esses caminhos não se unissem novamente. 

  
"O lutador", esse é nome do terceiro CD do Código B, e a música carro chefe desse trabalho se chama "Meu Mundo", uma canção carregada de rock, e é a cara da banda.


Em um bate papo com o MINASMAISMUSIC Bauxita e toda a banda conta, o porquê da pausa, como foi esse tempo e o que podemos esperar do CÓDIGO B: 


MinasMaisMusic: Até que enfim em galera! Fazem idéia do quanto os fãs torceram e clamaram por essa volta? Qual o motivo desse “tempo” na banda?

Código B: Sabíamos que a quantidade de fãs era grande e sempre respeitamos e demos muita atenção a eles que são a razão da nossa existência. Sinceramente não imaginávamos que a torcida fosse tão forte, tivemos uma grande surpresa quando começamos a cogitar a gravação de um novo álbum. 
Os integrantes do Código B tinham alguns projetos individuais e nós tivemos que dar esse tempo para estruturar esses projetos que hoje já estão muito bem encaminhados. 
Esse intervalo também foi importante, pois tivemos a volta do baterista Pedro Rangel que faz parte da formação original da banda.



MinasMaisMusic: Bauxita, do que você mais sentiu falta nesse tempo afastados?

Bauxita: Na verdade a gente deu um tempo mas nunca deixou de se falar,mas o que mais senti falta foi da química da banda nos palcos,nesse quesito,modéstia a parte ,somos imbatíveis.


MinasMaisMusic: Quando decidiram dar um tempo na banda, cada um foi viver e buscar aquilo que sentia necessidade, o que viveram fora da banda, foi fundamental pra que acontece esse reencontro?

Código B: Sim, esse tempo foi essencial para que voltássemos com energia renovada. Pudemos realizar outros planos que vinham correndo em paralelo e hoje estamos mais fortes, unidos e decididos. 
Também ampliamos as influências musicais que acabaram por contribuir na criação do novo álbum chamado “O Lutador”. 



A insatisfação com o cenário nacional do Rock e o pedido dos fãs também foram dois fortes impulsionadores para que voltássemos.


MinasMaisMusic: Bauxita, fora da banda você seguiu uma carreira solo, gravou CDs e teve alguns projetos, foi mais difícil sozinho?

Bauxita: Na verdade montei outros projetos porque vivo de música , então precisei fazer outros trabalhos, mas continuo fazendo esses trabalhos, independentemente da volta do Código B. Meus CDs continuo fazendo, e nada é fácil nessa vida musical. Com banda ou solo, as dificuldades são as mesmas.

MinasMaisMusic: De 2004 até o dia em que decidiram dar uma pausa, momentos inesquecíveis não faltaram, o que mais marcou em todos esses anos de Código B?

Bauxita: Ah, sem dúvida nenhuma os shows do Pop Rock Brasil, principalmente o de 2007, palco principal e a galera cantando as nossas musicas ,foi sensacional.


MinasMaisMusic: O evento Pop Rock Brasil é sem dúvidas uma das grandes saudades dos amantes do rock nacional, e é impossível lembrar de vocês sem lembrar daquele coral de milhares de vozes cantando “Cada Instante” e diversos outros sucessos da banda. Hoje pra vocês, o rock já não tem o mesmo espaço de antes? É mais difícil fazer sucesso com rock? O que falta? Falta eventos que divulguem e incentivem? falta espaço na mídia?

Código B: Não estamos muito preocupados com a existência ou escassez de espaço e muito menos se iremos ou não fazer sucesso. O nosso Rock é algo que vem da nossa essência de uma forma muito espontânea e crua. É como se fosse a forma mais pura de materializar a nossa energia. 
A música é a nossa arma e é com ela que decidimos lutar. Existe uma frase na música “Meu Mundo” que traduz bem o que sentimos: “Não tenho medo de ser diferente se o que é comum anda tão decadente” .
Muitas vezes a mídia veicula o que é negociado, afinal de contas eles também precisam sobreviver, mas nós não estamos muito preocupados com isso não. Se abrirem espaço pra nós iremos fazer com excelência, mas se não abrirem não tem problema, continuaremos a fazer o nosso Rock em respeito aos nossos fãs e aos nossos sentimentos. 

MinasMaisMusic: Bauxita que o balanço que você faz, analisando toda a trajetória de vocês, do início, do ponto mais alto, do tempo que estiveram em off e do retorno? 

Bauxita: O balanço que faço é que a banda esta mais madura,ano que vem faremos 10 anos de convívio, mesmo tendo aquele tempo em que cada integrante fez suas coisas, então estamos cada vez mais certos do que queremos e onde podemos chegar.Aprendemos com os erros que cometemos no começo e hoje podemos tirar proveito disso,claro,sem nenhuma pretensão, mas buscando dar um passo de cada vez e do tamanho que nos encontramos.É só o começo. Um Lutador pode cair, mas isso não quer dizer que ele está derrotado.

MinasMaisMusic: A banda sofreu algumas mudanças na formação, mas percebemos que não perderam a essência do rock, o Código B de hoje é o mesmo de antes? O que mudou?

Código B: O Código B está na mesma formação inicial de 2004, Bauxita no vocal, João Bustamante no baixo, Rique na guitarra e Pedro na bateria. 
O Código B de hoje é mais Rock n´ Roll do que antes, estamos fazendo um som com uma pegada mais crua, praticamente com guitarra, baixo e bateria, sem utilizar recursos eletrônicos. 
Nessa nova fase o guitarrista Rique está dividindo mais vocais com o Bauxita e estamos com uma pegada de baixo mais palhetada e média empurrando mais o som da banda para um rock no estilo Foo Figthers. As músicas continuam tendo características de Pop Rock com letras em português e refrões melódicos.
 Uma outra novidade é que dessa vez cerca de 85% das letras foram compostas pelo baterista Pedro Rangel que também trabalhou fortemente na produção ao lado de Rique Azevedo.

MinasMaisMusic: A volta foi planejada? E por que agora? 

Código B: A volta não foi planejada não, no final de 2011, João, Rique e Pedro que moram em São Paulo e formam a base instrumental da banda se reuniram no estúdio “Cada Instante” apenas para fazer um som sem ter nada planejado e quando demos os primeiros acordes a energia do Rock nos envolveu efluiu como se nunca tivéssemos parado, daí em diante foi natural a necessidade de voltar aos palcos. 
Nesse momento inicial falamos com Bauxita e no primeiro minuto de conversa ele já nos disse que estava pronto e preparado para colocar o melhor de si no “possível” novo álbum do Código B.


MinasMaisMusic:  “O Lutador” é o novo single, e a música que acabaram de soltar nas redes sociais se chama “Meu Mundo”, é visivelmente carregada de ideais de luta, de vontade de vencer, de ser o grande diferencial em meio a multidão. É esse mesmo o recado? Lutar sempre desistir jamais e acreditar nos sonhos?


Código B: Sim essa é a mensagem que levamos nesse álbum, somos todos lutadores, nessa fase nos sentimos muito fortes e queremos transmitir essa força para todos que acompanharem a banda não só no cd, mas também nos nossos shows.
O nome “O Lutador” não está especificamente focado na imagem de um lutador de boxe ou de algum tipo de luta de esporte, mas sim de alguém que batalha por um objetivo seja ele na área profissional, familiar, de saúde, de relacionamento ou qualquer outra área que necessite dedicação e de foco.





MinasMaisMusic: Bauxita, O Código B pra você é o sonho de um jovem adolescente apaixonado por rock, em ter uma banda e se tornar um Pop Star?

Bauxita: O Código B é minha vida,nunca tive uma banda tão legal como o Código, mas vivemos os nossos sonhos e um deles é conseguir mostrar o nosso som pro máximo de pessoas possíveis.





E aí ficou curioso pra curtir o novo som do Código B?
Então aperte o play e aumente o som:


E aí quer curtir mais do Código B? Ficar por dentro das promos, agenda de show e muito mais?
Então é só se ligar e curtir a fã page da banda, e tem o Twitter Oficial e ainda breve novo site no ar !! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário